Desenvolvimento, manutenção e suporte de código-fonte para sistemas legados e não legados

No mundo acelerado da tecnologia, as empresas muitas vezes gerenciam. Navegar pelo desenvolvimento, manutenção e suporte do código-fonte para esses sistemas é um desafio multifacetado que carrega seu próprio conjunto de complexidades e vantagens.


Desenvolvimento de Sistemas Legados

Desenvolver código-fonte para sistemas legados pode ser semelhante a trabalhar em uma escavação arqueológica digital. Esses sistemas geralmente dependem de tecnologias, linguagens e estruturas desatualizadas.

Um desafio significativo reside na ausência de documentação abrangente, exigindo que os desenvolvedores façam engenharia reversa do código existente para compreender sua funcionalidade.

No entanto, manter e aprimorar sistemas legados pode ser rentável no longo prazo, preservando funções críticas para os negócios e mitigando as altas despesas de reescrita do zero.

Desenvolvimento de Sistemas Não Legados

Por outro lado, os sistemas não legados têm à sua disposição o luxo das tecnologias modernas. Os desenvolvedores podem aproveitar as linguagens de programação, estruturas e ferramentas mais recentes.

Esses sistemas normalmente vêm com código-fonte bem documentado e comunidades de desenvolvedores vibrantes, facilitando um processo de desenvolvimento mais simplificado.

A capacidade de dimensionar, adaptar e integrar sistemas não legados com outros  proporciona flexibilidade incomparável. Os benefícios incluem acompanhar os avanços tecnológicos, ciclos rápidos de desenvolvimento e aquisição mais fácil de talentos.

Desafios de manutenção para sistemas legados

Os sistemas legados apresentam um conjunto único de desafios de manutenção.

Freqüentemente, eles suportam o peso de dívidas técnicas, dependências desatualizadas e vulnerabilidades de segurança ocultas que exigem cuidado contínuo.

Encontrar desenvolvedores bem versados em tecnologias mais antigas pode ser uma tarefa hercúlea, podendo levar a lacunas de conhecimento.

Além disso, os sistemas legados podem encontrar problemas de conformidade e segurança que exigem recursos substanciais para atualizações e patches. No entanto, uma manutenção eficaz pode prolongar a sua vida útil e proteger dados e processos inestimáveis.

Desafios de manutenção para sistemas não legados

Os não legados não estão imunes aos desafios de manutenção.

Esses sistemas necessitam de atualizações e patches contínuos para enfrentar as crescentes ameaças à segurança e manter a compatibilidade com as novas tecnologias.

Mudanças rápidas no cenário tecnológico podem levar à obsolescência, exigindo esforços contínuos para manter o sistema atualizado.

Mesmo os sistemas não legados podem acumular dívida técnica se não forem geridos meticulosamente.

No entanto, a manutenção proativa garante que estes sistemas permaneçam seguros, eficientes e alinhados com a evolução dos requisitos empresariais.

Suporte a sistemas legados

Os sistemas legados geralmente dependem de hardware e software antigos que exigem suporte e manutenção especializados. Estabelecer contratos de suporte de longo prazo com fornecedores ou reter conhecimentos internos é vital para resolver problemas prontamente.

Fornecer suporte dedicado para sistemas legados é crucial para evitar interrupções nos negócios e manter a conformidade com as regulamentações.

Os benefícios do suporte a sistemas legados incluem a preservação de dados e processos históricos, garantindo a continuidade dos negócios mesmo com o avanço da tecnologia.

Suporte a sistemas não legados

Por outro lado, os sistemas não legados normalmente contam com suporte prontamente disponível do fornecedor, incluindo atualizações e patches regulares. Isso permite que as equipes internas se concentrem na inovação e no desenvolvimento de recursos, em vez de lidar com extensas tarefas de suporte.

Sistemas não legados bem mantidos são menos suscetíveis a tempos de inatividade e violações de segurança, garantindo operações comerciais tranquilas.

As vantagens de oferecer suporte a sistemas não legados incluem permanecer à frente dos concorrentes, adaptar-se mais rapidamente às mudanças do mercado e melhorar a satisfação do cliente.

Concluindo

No complexo domínio do desenvolvimento e manutenção de software, tanto os sistemas legados como os não legados têm suas funções e desafios únicos.

O desenvolvimento, a manutenção e o suporte ao código-fonte desses sistemas exigem abordagens e conhecimentos diferentes.

Os sistemas legados exigem esforços de preservação e modernização para garantir a sua longevidade e conformidade. Os sistemas não legados oferecem agilidade e o poder das tecnologias de ponta.

A gestão eficaz de ambos os tipos garante um cenário tecnológico equilibrado e adaptável, permitindo que as empresas prosperem num mundo digital em rápida evolução.

Por: Stênio Oliveira VER MAIS
8 formas de melhorar o atendimento com uma plataforma omnichannel

No mundo dos negócios, muito se fala sobre a importância de atender bem os clientes, mas a pergunta que frequentemente surge é: como isso se concretiza na prática?

A verdade é que o atendimento ao cliente é muito mais do que apenas palavras bonitas em um discurso de vendas. Ele é o pilar fundamental que sustenta a reputação de uma empresa, impulsiona o crescimento e fideliza os clientes.

Neste artigo, abordaremos como transformar a teoria da importância do bom atendimento em ações tangíveis e resultados concretos, com um enfoque especial na necessidade de uma plataforma de atendimento abrangente, disponível 24 horas por dia, que atenda todos os canais.

1.       Plataforma de atendimento abrangente, 24h por dia

Além de todas as estratégias mencionadas, é fundamental ter uma plataforma de atendimento que consiga atender todos os canais 24 horas por dia. Hoje, os clientes esperam flexibilidade e conveniência. Com uma plataforma que integra chat, redes sociais, e-mail e telefone, você permite que os clientes escolham o canal de comunicação que preferem. E estar disponível 24 horas por dia significa que você está prontamente acessível, independentemente do fuso horário ou da hora do dia em que os clientes precisam de suporte.

2.       Apresentação de resolução ágil de problemas

Problemas e contratempos podem surgir, independentemente do quão bem um negócio seja administrado. O diferencial está em como você os aborda. Resolva os problemas de forma ágil e eficiente, sem apontar culpados. Assumir a responsabilidade e oferecer soluções demonstra profissionalismo e empenho em manter a satisfação do cliente.

3.       Personalização de interação

Cada interação com o cliente é uma oportunidade de criar uma experiência memorável. Utilize os dados disponíveis para personalizar o atendimento. Isso pode incluir desde o uso do nome do cliente até a recomendação de produtos com base em suas preferências anteriores.

4.       Conheça seus clientes

O primeiro passo para um atendimento eficaz é entender quem são seus clientes. Cada cliente é único, com necessidades, preferências e expectativas distintas. Investir tempo para conhecer seus clientes, seja por meio de pesquisas, interações ou análise de dados, permite que você adapte seu atendimento de acordo com suas demandas específicas.

5.       Treinamento da equipe

Seus colaboradores são os rostos e vozes da sua empresa. Um treinamento adequado é essencial para garantir que eles compreendam a importância do atendimento ao cliente e saibam como lidar com diferentes situações. Capacite sua equipe para ser proativa, solucionar problemas e oferecer um serviço personalizado.

6.       Comunicação eficaz

A comunicação é a base de qualquer relacionamento, e isso não é diferente no mundo dos negócios. Mantenha uma comunicação clara e transparente com seus clientes. Esteja disponível para responder dúvidas, ouvir feedback e resolver problemas. Uma comunicação eficaz cria confiança e demonstra que você valoriza a opinião de seus clientes.

7.       Antecipe as necessidades

Um ótimo atendimento não se limita a reagir às demandas dos clientes; ele também envolve antecipar suas necessidades. Ofereça sugestões relevantes, com base em seus históricos de compras ou preferências. Isso não apenas agiliza o processo de compra, mas também mostra que você está comprometido em tornar a experiência do cliente excepcional.

8.       Feedback contínuo

Ouvir o feedback dos clientes é crucial para o aprimoramento constante do seu atendimento. Encoraje os clientes a compartilharem suas opiniões e sugestões. Use essas informações para identificar áreas de melhoria e ajustar suas estratégias.

Atender bem vai além do discurso

Em resumo, a importância de atender bem os clientes vai muito além do discurso. É uma prática que requer esforço, comprometimento e constante aprimoramento. Quando você coloca o cliente no centro das suas operações e oferece uma plataforma de atendimento abrangente e disponível 24 horas por dia, não apenas alcança resultados positivos para o seu negócio, mas também constrói relacionamentos duradouros que se traduzem em lealdade e advocacy. Portanto, vá além das palavras e transforme sua teoria em prática, criando uma cultura organizacional centrada no cliente, suportada por uma plataforma de atendimento eficaz.

Wiserchannel é a nossa plataforma omnichannel que integra mais de 10 canais de comunicação com objetivo de facilitar e melhorar o seu atendimento ao cliente. Quer saber como funciona?

Fale com a gente ou envie um e-mail para solucao@wisertecnologia.com.br . Aguardamos seu contato!

Por: Geovana Faheina VER MAIS
Como realizar uma gestão de dados eficiente?
O mercado empresarial acompanha a inovação e a evolução da tecnologia, do relacionamento e das boas práticas de negócio. Em meio a isso temos um grande volume de geração de dados diariamente.  
A digitalização de processos, uso de dispositivos conectados, presença online e mídias sociais, aumento da computação em nuvem, personalização, experiência do cliente, e muitas outras razões contribuem, de forma significativa, para o aumento da geração de dados. 
É por este fato que as empresas precisam se atualizar e começar a entrar no mundo dos dados de forma estratégica. Coletar dados e realizar uma gestão eficiente deles é necessidade para qualquer negócio que tem o desejo de acertar o tiro no alvo certo, ou seja, tomar decisões estratégicas com alta probabilidade de dar resultados. 
Neste artigo, vamos falar sobre a gestão de dados, as vantagens e as formas como você pode realizar uma gestão de dados eficiente. 

O que é gestão de dados?

Compreende também a coleta detalhada desses dados, bem como a organização deles, para garantir a qualidade, a integridade e a consistência.
Os dados podem ser coletados de CRMs, ERP, planilhas, redes sociais, fontes externas, como dados de mercado, além de muitas outras fontes relevantes. Esses dados, depois de coletados e estruturados, devem ser enviados para um sistema de armazenamento, como um Data Warehouse, que possa facilitar uma possível consulta e tornar o acesso mais eficiente. 
Disponibilizar esses dados com qualidade, segurança, usabilidade e organização ao longo do tempo é saber realizar uma gestão de dados eficiente. Dados íntegros oferecem mais assertividade para que tomadores de decisão possam traçar estratégias inteligentes, a fim de melhorar processos, bem como aumentar os resultados da organização. 
A prática da gestão de dados também inclui uma análise profunda das informações que foram obtidas a partir dos dados coletados e tratados. Isso inclui a categorização, o enriquecimento e a seleção criteriosa dessas informações. Possuir uma habilidade na disponibilização visual desses dados é fundamental para orientar na tomada de decisão e otimizar processos internos. 
Uma gestão de dados superficial resulta em uma leitura e interpretação de dados inconsistente e ineficiente, levando ao retrabalho da equipe, a perda tempo e de recursos importantes.Isso acontece porque, devido a ineficiência, a análise realizada não oferecerá resultado à organização, não apresentando informações consistentes e precisas. 
Utilizar as ferramentas de BI corretas possibilitam uma análise de dados facilitada, estratégica e assertiva. Atualmente, existem várias ferramentas e plataformas que empresas utilizam para melhorar processos de BI e auxiliar na gestão de dados. Dentre as ferramentas, citamos o Power BI, Alteryx, Tableau, Knime, entre outras. 

Vantagens da gestão de dados

Como lemos no parágrafo anterior, a gestão de dados compreende técnicas relacionadas ao Business Intelligence e à análise de dados. A prática oferece várias vantagens para as organizações que a realizam com profissionais capacitados ou com empresas especializadas no segmento, como é o caso da Wiser Tecnologia.
A seguir, listamos 6 vantagens da gestão de dados para você entender como ela pode ajudar nos seus processos organizacionais.  

Identificação de padrões e tendências

Durante a análise de dados coletados, as organizações podem identificar tendências e padrões ocultos que não seriam facilmente perceptíveis por meio de uma análise superficial. 
Essas tendências ajudam a prever mudanças de comportamento do cliente e mudanças de mercado, fazendo com que a gestão tenha novas formas de atuar para se destacar e atingir o público-alvo de uma forma mais efetiva. 

Otimização de processos

A gestão de dados possibilita que as organizações avaliem o desempenho de seus processos internos e identifiquem áreas que precisam de melhoria. Esse processo fará com que os fluxos de trabalho sejam otimizados e desperdícios sejam reduzidos, proporcionando o aumento da eficiência operacional.  

Tomada de decisões estratégicas

Dados bem organizados, coletados e armazenados de forma correta permitem que as organizações tomem decisões mais fundamentadas e embasadas em informações concretas e consistentes, em vez de dependerem apenas de intuições ou suposições. 
A gestão de dados eficiente, então, levará que gestores realizem escolhas mais precisas e estratégicas, levando a organização a obter melhores resultados. 

Personalização da experiência do cliente

Com a análise de dados, as organizações podem compreender melhor seus clientes, suas necessidades, dores e preferências. Isso possibilita que a empresa ofereça a criação de ofertas e experiências personalizadas, aumentando a satisfação do cliente e a fidelidade da marca. 

Vantagem competitiva 

As empresas que possuem uma gestão de dados inteligente têm uma vantagem competitiva, já que podem tomar decisões mais rápidas e estratégicas em relação aos concorrentes. Além disso, possuem a capacidade de adaptar-se às mudanças do mercado e às demandas dos clientes de forma mais ágil e com base em insights reais.

Mais produtividade

O uso do BI também favorece o ambiente de trabalho. A organização de todas as informações tornam o local de trabalho mais produtivo e proveitoso, facilitando o acesso aos dados, bem como a rotina da equipe. Dessa forma, os colaboradores conseguem melhorar o rendimento nas atividades, além de ter mais interesse e foco no trabalho.

Como fazer uma gestão de dados eficiente? 

O primeiro passo é realizar um planejamento claro. É necessário definir quais dados são relevantes para a organização, como eles serão coletados, quem será responsável por eles e como serão armazenados. Um planejamento sólido proporciona uma base para evitar a coleta excessiva de informações desnecessárias e para garantir a conformidade com regulamentos de privacidade. 
Junto a isso, o planejamento deve se atentar à segurança dos dados. Com ameaças cibernéticas em constante evolução, é importante implantar medidas de segurança, como backup imutável, criptografia, entre outras, para proteger os dados dos clientes.
Além do que foi citado, também deve-se atentar que os dados precisam ser facilmente acessíveis para os profissionais que irão trabalhar com eles, e somente acessíveis a eles. A implementação de sistemas de gerenciamento de bancos de dados eficientes e interfaces intuitivas pode melhorar a experiência do usuário e a eficiência da busca por informações.
Uma gestão de dados eficiente deve ser realizada por especialistas da área, até porque empresa alguma quer fazer investimentos em vão. Atuar com o especialista certo faz com que a organização conquiste excelentes resultados, além de usufruir de todas as vantagens do Business Intelligence. 
A Wiser Tecnologia é uma empresa que oferece várias possibilidades para ajudar você a realizar uma gestão de dados eficiente, desde a disponibilização de licença de plataformas até o profissional outsourcing. 
Uma gestão de dados eficiente é um método poderoso para alavancar a sua empresa. Fale com a gente ou envie um e-mail para solucao@wisertecnologia.com.br e conheça nossas soluções tecnológicas para o seu negócio.
Por: Eduardo Viana VER MAIS
Descentralização através da Web3 e Blockchain: Um Novo Rumo para Redes Sociais
As redes sociais se tornaram parte essencial da vida de milhares de usuários em todo o mundo, mas o controle exercido pelas grandes empresas de tecnologia tem sido um dilema persistente. Porém, uma solução promissora surge no horizonte: a Web3 descentralizada, baseada em blockchain, pode ser a chave para que as pessoas retomem o comando de suas vidas digitais.
No cenário atual, as big techs atuam como intermediárias nas redes sociais, controlando algoritmos, termos de uso e dados dos usuários. Isso levanta preocupações sobre privacidade, manipulação de informações e segurança. O episódio da "Cambridge Analytica e Facebook" é apenas um exemplo de como dados podem ser usados indevidamente. Entretanto, a Web3 traz uma abordagem inovadora.
Com base na tecnologia blockchain, essa nova era da internet oferece descentralização, onde informações são registradas de forma imutável e usuários podem ser recompensados por suas interações através de criptoativos.

Casos práticos da abordagem

SoulPrime

Uma rede social construída com a ética da Web3, priorizando a segurança e descentralização. A plataforma encripta os dados dos usuários, impedindo a venda indesejada de informações e proporcionando uma experiência mais protegida.

Nostr

Um projeto criado sobre a Lightning Network, uma solução de segunda camada do Bitcoin. O Nostr é uma plataforma de mensagens criptografadas registradas na blockchain, que permite personalização e interações mais seguras.

Lens Protocol

Uma revolucionária rede social que permite aos usuários manterem um único perfil dentro de seu ecossistema. A reputação do usuário é mantida, facilitando a interação em diferentes plataformas.
Embora a Web3 apresente soluções promissoras, ainda enfrenta desafios em infraestrutura. A capacidade de processamento de transações e a experiência do usuário precisam ser aprimoradas. Contudo, iniciativas como a Account Abstraction na blockchain Ethereum estão em andamento para resolver essas questões.
A convivência e a adoção da blockchain pelas atuais redes sociais podem abrir portas para modelos híbridos e, acima de tudo, promover um ambiente mais seguro e descentralizado para todos.
A tecnologia blockchain está se tornando uma infraestrutura evolutiva para diversos segmentos além das finanças. Suas possibilidades e impactos serão cada vez mais sentidos na vida das pessoas, empresas e sociedade em geral.
Este é apenas o começo! O futuro da Web3 e das redes sociais descentralizadas está se moldando agora, e todos nós somos parte dessa jornada.
Veja o artigo completo clicando aqui. 
Por: Bruna Ramos VER MAIS
O que é JavaScript e o que você precisa saber sobre ele

JavaScript é uma linguagem de programação utilizada por desenvolvedores web. Ela adiciona interatividade ao site, sendo considerada versátil e amigável para iniciantes.

É a linguagem de programação mais popular da programação, segundo o estudo do site StackOverFlow. É amplamente utilizada em desenvolvimento web e mobile, em servidores web e aplicativos de servidor, jogos, gráficos 2D e 3D animados, aplicativos baseados em banco de dados e muitos outros, permitindo a criação de páginas dinâmicas e interativas.

A sintaxe do JavaScript, ou seja, a estrutura do programa escrito em código, é similar aos de outras linguagens de programação, como Java e C++. As três possuem a mesma característica de programação, orientada a objetos, bem como funções, ciclos, condições, entre outros aspectos semelhantes.

Conceitos essenciais do JavaScript

O JavaScript possui conceitos essenciais básicos para quem precisa aprender sobre o assunto. Conhecê-los é de extrema importância pois isso permite entender a base do JavaScript.

Sintaxe básica

O JavaScript possui uma sintaxe similar a outras linguagens de programação, com declarações, variáveis, operadores e estruturas de controle - condicionais e loops.
Variáveis são utilizadas para reservar espaço na memória e armazenar valores. Ao declarar variáveis, você pode atribuir valores a elas e utilizá-las posteriormente no código.
Os operadores aritméticos possibilitam a realização de operações matemáticas. Entre os operadores aritméticos básicos, destacam-se a adição (+), subtração (-), multiplicação (*), divisão (/), módulo - resto da divisão - (%) e os operadores de incremento (++) e decremento (--).
As estruturas condicionais (if-else) permitem tomar decisões com base em condições específicas. A estrutura if-else é usada para executar um bloco de código se uma condição for verdadeira e outro bloco de código se a condição for falsa.
Já os Loops (for, while) permitem executar um bloco de código repetidamente até que uma condição seja atendida. No JavaScript, é possível utilizar o loop for para executar um bloco de código um número específico de vezes e o loop while para executar um bloco de código enquanto uma condição for verdadeira.

Manipulação do DOM

O Document Object Model (DOM) é uma representação da estrutura HTML de uma página, que possibilita a manipulação dos elementos da página usando JavaScript. Com o JavaScript, você pode selecionar elementos HTML, modificar seu conteúdo, estilos, adicionar ou remover elementos e manipular eventos.
Ele oferece um modelo de representação e interação do documento HTML ou XML, estruturado em formato de árvore. Caso esse modelo sofra alguma alteração, de estrutura, estilo ou elementos, a página da web será alterada.

Funções

O JavaScript suporta funções, que são blocos de código reutilizáveis que podem ser chamados em diferentes partes do programa. As funções podem receber argumentos e retornar valores. É uma boa prática dividir seu código em funções para melhor organização e reutilização.
Dentre as funções existentes, destacamos a função de declaração, função de expressão, função de flecha, função construtora e função geradora. As funções mais comuns são as de declaração e de expressão.

Objetos e Orientação a Objetos

O JavaScript é uma linguagem orientada a objetos (POO). Isso significa que você pode criar objetos e definir suas próprias propriedades e métodos, sendo possível usar objetos nativos, como Array e Date, ou criar seus próprios objetos personalizados.
Esses objetos são estruturas de dados que possuem propriedade (variáveis interligadas aos objetos) e métodos (funções que podem ser executadas pelo objeto). Para que objetos possam herdar propriedades e métodos de outros objetos, o JavaScript utiliza o conceito de protótipos, que são o mecanismo central para fornecer a herança e facilitar a utilização das propriedades e métodos.

Manipulação de eventos

Com JavaScript, você pode lidar com eventos como cliques de mouse, pressionamentos de tecla e carregamento da página. É possível também atribuir funções a eventos específicos para responder a ações do usuário e executar determinadas ações em resposta.
Essa manipulação de eventos possibilita maior interatividade e resposta dinâmica em páginas da web, permitindo criar comportamentos personalizados quando o usuário interage com elementos da página.

Requisições assíncronas

O JavaScript é usado para fazer solicitações assíncronas a servidores usando XMLHttpRequest ou a API Fetch. Isso permite carregar dados de forma dinâmica em uma página sem recarregar a página inteira. Com isso, os usuários têm uma experiência mais fluida, reduzindo o tempo de resposta e proporcionando uma interatividade aprimorada.
As requisições assíncronas são fundamentais para a integração de aplicativos web com serviços e APIs externas, permitindo recuperar e exibir dados em tempo real, sem afetar o fluxo de navegação do usuário.

Bibliotecas e framework

Existem várias bibliotecas e frameworks JavaScript populares, como React, Angular, Vue.js e Node.js, que simplificam o desenvolvimento web e oferecem recursos adicionais para criar aplicativos web mais avançados.
O React, desenvolvido pelo Facebook, é uma biblioteca que utiliza um modelo de componentes para criar interfaces de usuário reativas e dinâmicas.
O Angular, mantido pelo Google, é um framework completo que abrange todo o ciclo de vida do desenvolvimento web, incluindo gerenciamento de estado, roteamento e componentes.
O Vue.js é uma biblioteca progressiva que pode ser adotada de forma incremental, tornando-a uma opção versátil para diferentes tipos de projetos.
Além disso, temos o Node.js, uma plataforma que permite executar código JavaScript no servidor. Com o Node.js, é possível construir aplicações web em tempo real, APIs e serviços backend com JavaScript, unificando a linguagem de programação tanto no frontend quanto no backend.

A importância de aprender sobre JavaScript

Como mencionamos anteriormente, JavaScript é considerada a linguagem mais popular da programação, segundo o estudo do site StackOverFlow. Para aqueles que desejam seguir carreira como desenvolvedora ou desenvolvedor, é fundamental investir na qualificação nessa linguagem de programação.
É crucial aprender cada conceito apresentado acima e compreender o alcance do JavaScript. No desenvolvimento web, ele é utilizado tanto no Front-end, Back-end e também na comunicação com banco de dados.
No Frontend, JavaScript é a principal linguagem utilizada para tornar as páginas interativas e dinâmicas, permitindo manipular o conteúdo HTML e o estilo CSS.
No Backend, é possível utilizar o JavaScript como linguagem de programação para criar toda a lógica de negócios e interagir com o banco de dados.
Na comunicação com banco de dados, JavaScript interage com bancos de dados através de solicitações ao back-end e pode ser usado para fazer consultas e atualizações em bancos de dados.
JavaScript é uma linguagem essencial para o desenvolvimento web moderno, podendo ser utilizada tanto no Front-end para criar interfaces interativas, quanto no Back-end para processar dados, implementar a lógica de negócios e interagir com o banco de dados. Essa versatilidade e poder fazem do JavaScript a escolha ideal para o desenvolvimento de aplicações web completas.
Por: Stênio Oliveira VER MAIS
Características e funcionalidades do Power BI e Tableau
O Power BI e o Tableau são duas ferramentas líderes no mercado de visualização de dados e análise empresarial. Ambas oferecem recursos poderosos para transformar dados brutos em informações valiosas, permitindo a tomada de decisões informadas. No entanto, existem algumas diferenças entre as características e funcionalidades dessas duas plataformas.
CARACTERÍSTICAS
TABLEAU
POWER BI
Interface de usuário intuitiva
Sim
Sim
Ampla variedade de fontes de dados suportadas
Sim
Sim
Recursos avançados de visualização
Sim
Limitado
Recursos avançados de modelagem de dados
Limitado
Sim
Recursos de criação de dashboards interativos
Sim
Sim
Integração com outras ferramentas e serviços da Microsoft
Não
Sim
Opções de implantação na nuvem e no local
Sim
Sim
Compartilhamento e colaboração de relatórios
Sim
Sim
Comunidade de usuários e recursos de aprendizado
Forte comunidade e recursos extensos
Forte comunidade e recursos extensos

Interface de usuário intuitiva entre Power BI e Tableau

  • Tableau

O Tableau possui uma interface de usuário altamente intuitiva e amigável. Permite arrastar e soltar elementos visuais, o que facilita a criação de painéis interativos e relatórios.
  • Power BI

O Power BI também tem uma interface de usuário intuitiva. Com uma aparência semelhante ao restante da suíte Microsoft, é familiar para os usuários do Microsoft Office. Possui recursos de arrastar e soltar que tornam a criação de visualizações de dados fácil e rápida.

Ampla variedade de fontes de dados suportadas entre Power BI e Tableau

  • Tableau

O Tableau oferece suporte a uma ampla variedade de fontes de dados, incluindo bancos de dados, arquivos CSV, Excel, serviços em nuvem, entre outros. Também possui conectores nativos para várias plataformas e sistemas populares.
  • Power BI

O Power BI também suporta uma variedade de fontes de dados, como bancos de dados, serviços em nuvem, arquivos CSV, Excel, entre outros. Além disso, possui uma extensa biblioteca de conectores pré construídos para integração com várias fontes de dados populares.

Recursos avançados de visualização entre Power BI e Tableau

  • Tableau

O Tableau é conhecido por seus recursos avançados de visualização. Ele oferece uma ampla gama de opções de gráficos interativos, mapas geográficos, painéis personalizados e a capacidade de criar visualizações personalizadas usando linguagem de cálculo.
  • Power BI

Embora o Power BI ofereça recursos de visualização sólidos, sua variedade de opções é um pouco mais limitada em comparação com o Tableau. No entanto, ele possui uma coleção de visualizações básicas e personalizadas que podem ser usadas para criar relatórios e painéis interativos.

Recursos avançados de modelagem de dados entre Power BI e Tableau

  • Tableau

A modelagem de dados no Tableau é relativamente mais simples em comparação com o Power BI. Ele oferece recursos básicos de manipulação de dados, mas pode ser necessário recorrer a outras ferramentas para transformações de dados complexos.
  • Power BI

O Power BI possui recursos avançados de modelagem de dados, como a capacidade de criar relacionamentos entre várias tabelas, definir medidas personalizadas usando a linguagem DAX (Data Analysis Expressions) e realizar transformações de dados avançadas usando o Power Query.

Recursos de criação de dashboards interativos entre Power BI e Tableau

  • Tableau

O Tableau oferece uma ampla gama de recursos para a criação de dashboards interativos, incluindo a capacidade de filtrar, destacar e explorar dados em tempo real. Também permite a criação de histórias interativas para apresentações.
  • Power BI

O Power BI também oferece recursos robustos para a criação de dashboards interativos. Os usuários podem criar relatórios interativos com recursos de filtragem, exploração e realce de dados. Além disso, os dashboards podem ser publicados e compartilhados com facilidade.

Integração com outras ferramentas e serviços da Microsoft entre Power BI e Tableau

  • Tableau

O Tableau não possui uma integração nativa com outras ferramentas e serviços da Microsoft. No entanto, é possível realizar integrações personalizadas usando conectores e APIs.
  • Power BI

O Power BI é fortemente integrado com outras ferramentas e serviços da Microsoft, como Excel, Azure, Power Apps e Power Automate. Isso permite uma colaboração mais estreita e o compartilhamento fácil de dados entre as diferentes plataformas.

Opções de implantação na nuvem e no local entre Power BI e Tableau

  • Tableau

O Tableau oferece opções de implantação tanto na nuvem (Tableau Online) quanto no local (Tableau Server). A implantação na nuvem permite acesso fácil aos relatórios e painéis em qualquer lugar, enquanto a implantação no local oferece maior controle e segurança dos dados.
  • Power BI

O Power BI também oferece opções de implantação tanto na nuvem (Power BI Service) quanto no local (Power BI Report Server). A implantação na nuvem permite uma colaboração fácil e o compartilhamento de relatórios, enquanto a implantação no local oferece controle adicional sobre os dados e a infraestrutura.

Compartilhamento e colaboração de relatórios entre Power BI e Tableau

  • Tableau

O Tableau permite o compartilhamento fácil de relatórios e painéis por meio do Tableau Server ou do Tableau Online. Os usuários podem colaborar, compartilhar insights e atualizar os dados em tempo real.
  • Power BI

O Power BI oferece recursos avançados de compartilhamento e colaboração de relatórios. Os usuários podem compartilhar relatórios e dashboards com outras pessoas dentro ou fora da organização e também podem colaborar em tempo real.

Comunidade de usuários e recursos de aprendizado entre Power BI e Tableau

  • Tableau

O Tableau tem uma comunidade de usuários estabelecida e ativa, com uma base de usuários significativa e envolvida em todo o mundo. A comunidade do Tableau é conhecida por sua vasta gama de recursos, incluindo fóruns de suporte, grupos de usuários, blogs, tutoriais, cursos online e conferências dedicadas.
  • Power BI

A comunidade de usuários do Power BI cresceu significativamente nos últimos anos e agora está bem estabelecida. Ela conta com uma base de usuários robusta e ativa, com fóruns de suporte, grupos de usuários, blogs, tutoriais, cursos online e conferências dedicadas. A comunidade do Power BI oferece um ambiente rico para compartilhar conhecimentos, aprender com especialistas e obter suporte.
 
Por: Eduardo Viana VER MAIS
Cibersegurança: Ataques virtuais mais comuns e como evitá-los
No mundo digital atual, a cibersegurança é uma preocupação crescente para empresas de todos os tamanhos e setores. À medida que a tecnologia avança, os ataques virtuais se tornam cada vez mais sofisticados e prejudiciais. 
O Brasil é um dos países do G20 com o progresso mais lento e desigual durante a criação de um bom ambiente de defesa cibernética. O país ocupa a 18ª posição geral, atrás de economias emergentes como o México e a Índia, e apenas à frente da Turquia e da Indonésia. 
É importante destacar que a segurança cibernética é necessária em todas as empresas e por isso que empresas devem estar atentas para evitar ataques virtuais. Qualquer arquivo de procedência duvidosa ou site e e-mail infeccioso podem prejudicar processos, dados e os seus clientes. 
Ataques virtuais podem afetar sua empresa fazendo com que ocorram instabilidades e lentidão nas operações, perda de clientes, problemas de conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), além do aumento de custos dependendo do tipo de ataque que a organização sofrer. 
Dentre os ataques virtuais mais comuns, destacamos o phishing, malware, DDoS, ransomware e ataques de engenharia social. A seguir, leia sobre eles e saiba como evitá-los. 

 5 ataques virtuais mais comuns

1. Phishing

O phishing é uma forma de ataque virtual em que os criminosos se passam por marcas e serviços confiáveis, clonando páginas e sites verdadeiros para enganar as vítimas e fazer com que elas forneçam informações confidenciais, como senhas e dados bancários. Criminosos criam uma página semelhante à original ou escrevem um e-mail ou mensagens de origem, aparentemente, segura, para enganar os usuários. 
Como evitar: Para evitar cair em armadilhas de phishing, a equipe deve ser educada sobre os sinais de um e-mail suspeito. A empresa pode optar também por implementar filtros antispam robustos e soluções de segurança avançadas fornecidas pela Wiser Tecnologia.

2. Malware

O malware é todo e qualquer tipo de software malicioso projetado para danificar ou obter acesso não autorizado a sistemas e redes. Criminosos o utilizam para extrair dados financeiros, registros médicos e e-mails com senhas que podem ser utilizadas das vítimas para ganhos financeiros. Os ataques de malware podem causar danos significativos às empresas, resultando em perda de dados, interrupção operacional e roubo de informações confidenciais. 
Como evitar: Para se proteger contra malwares, é crucial ter um software antivírus atualizado e sistemas de segurança confiáveis. A empresa precisa investir em soluções de cibersegurança eficientes e atualizadas para ajudar sua empresa a se manter protegida.

3. Ataques de negação de serviço (DDoS)

Ataque DDoS é um tipo de ataque cibernético em que objetivo do criminoso é tornar o dispositivo indisponível para o usuário que o utiliza. Eles sobrecarregam o servidor, rede ou serviço online, tornando-os inacessíveis para usuários legítimos. Esses ataques são frequentemente realizados por meio do uso de uma grande quantidade de tráfego de rede falso; o tráfego normal, logo, não pode ser processado, devido à sobrecarga,  o que resulta na negação de serviço para usuários adicionais. 
Como evitar: Para se proteger contra ataques DDoS, a organização deve implementar medidas de segurança, como firewalls, filtros de tráfego e serviços de mitigação de DDoS. É importante investir em soluções de cibersegurança, como as que são fornecidas pela Wiser Tecnologia, que podem detectar e bloquear esses ataques em tempo real.

4. Ransomware

O ransomware é um tipo de malware de extorsão, que criptografa arquivos e sistemas, bloqueando o acesso e exigindo um resgate para restaurar o acesso aos dados. Os ataques de ransomware podem ser devastadores para as empresas, causando perda de produtividade, custos financeiros e danos à reputação. 
Como evitar: Para prevenir ataques de ransomware, é fundamental ter um plano de backup regular e atualizado, além de soluções avançadas de segurança de dados. A empresa pode ainda optar por realizar verificações de vulnerabilidade e criar um atenção especial voltada para sites e anexos de e-mails fraudulentos. 

5. Ataques de engenharia social

Os ataques de engenharia social tem como principal característica a manipulação psicológica das pessoas para obter acesso não autorizado a informações confidenciais ou sistemas. Os criminosos utilizam estratégias com base na interação humana, com o objetivo de enganar e iludir os usuários que desrespeitam as regras de segurança. Eles exploram a confiança das vítimas por meio de técnicas como phishing telefônico, falsas atualizações de software e obtenção de informações por meio de redes sociais. 
Como evitar: Para se proteger contra esses ataques, é fundamental investir em treinamento de conscientização de segurança para funcionários e implementar políticas rigorosas de proteção de dados. Fale conosco e saiba como podemos te ajudar nesse tópico. 

Evite ataques vituais

Evitar ataques cibernéticos e deixar sua empresa segura pode não ser uma ação desafiadora se você escolher o parceiro certo para seguir com isso. A prevenção de ataques cibernéticos preserva a privacidade, mantém a integridade dos dados e evita consequências financeiras e emocionais devastadoras, como o roubo de identidade e a perda de informações valiosas. Proteger-se contra essas ameaças é uma responsabilidade organizacional. Para evitar ataques cibernéticos, sugerimos que 
  • Eduque, conscientize e treine sua equipe para promover mais cibersegurança
  • Mantenha todos os softwares e sistemas atualizados
  • Faça backup regularmente
  • Use senhas fortes e exclusivas
  • Use antivírus confiáveis 
  • Utilize firewalls, DLP e outros. 
A segurança cibernética é um esforço contínuo e exige uma abordagem em camadas, envolvendo não apenas a conscientização da equipe e a proteção dos sistemas, mas também a implementação de políticas de segurança eficazes e o monitoramento proativo de ameaças. A cibersegurança é um aspecto crucial para qualquer empresa que busca proteger seus dados, sistemas e reputação. Com os ataques virtuais se tornando cada vez mais sofisticados, é essencial tomar medidas proativas para evitar essas ameaças. 
A Wiser Tecnologia oferece uma ampla gama de serviços tecnológicos voltados para a cibersegurança. Proteja sua empresa dos ataques virtuais mais comuns com um parceiro tecnológico completo. 
Entre em contato conosco hoje mesmo para conhecer nossos serviços e fortalecer a cibersegurança de sua empresa!
 
Por: Jony do Vale VER MAIS
Business Intelligence: Dicas de ferramentas para análise de dados
No mundo dos negócios atual e com o imediatismo de informações, resultados e soluções,  a capacidade de analisar dados tornou-se uma necessidade urgente. 
O Business Intelligence (BI) desempenha um papel crucial nas empresas, fornecendo informações valiosas e insights acionáveis ​​para apoiar a tomada de decisões estratégicas. Para acompanhar a concorrência, as empresas precisam aproveitar ao máximo essas informações e utilizá-las de forma inteligente, considerando os objetivos e as necessidades do negócio.
O BI transforma dados brutos em informações significativas, fornecendo uma visão abrangente e que precisa do desempenho da empresa e do ambiente de negócios. Os insights obtidos por meio de análises avançadas, como a mineração de dados, visualização de dados ou técnicas de inteligência artificial, ajudam a identificar oportunidades de crescimento, problemas operacionais, tendências emergentes e muito mais.
Mas para isso ser realizado, é necessário utilizar ferramentas especializadas que possam tornar o processo de análise de dados facilitado, estratégico e assertivo. A partir delas é possível a coleta e integração de dados, visualização de dados, acesso e compartilhamento de informações. Elas ajudam as organizações a transformar dados brutos em informações acionáveis.

5 ferramentas de BI para utilizar

Tableau

Em um ambiente altamente competitivo, é fundamental ter uma visão clara e profunda dos dados. O Tableau, uma das principais ferramentas de BI, oferece uma interface intuitiva e recursos avançados de visualização que permitem explorar dados de forma interativa. Com essa ferramenta,é possível identificar oportunidades de crescimento e tomar decisões fundamentadas com base em insights valiosos. É voltada para a visualização de dados.

Power BI

À medida que as empresas crescem, torna-se cada vez mais essencial obter insights rápidos e precisos. O Power BI, desenvolvido pela Microsoft, oferece recursos robustos de visualização e criação de relatórios interativos. Ao explorar dados em tempo real, especialistas identificam padrões emergentes e tomam decisões ágeis com base em informações atualizadas. 
Além disso, a integração do Power BI com outras ferramentas e soluções Microsoft torna-o uma opção conveniente e poderosa para aqueles que já utilizam a infraestrutura da empresa. Também é uma ferramenta voltada para a visualização de dados.

Alteryx

O Alteryx é uma ferramenta de ETL (traduzido, significa extrair, transformar e carregar dados) e destaca-se como uma ferramenta poderosa para lidar com grandes volumes de informações provenientes de diversas fontes. Com recursos avançados de manipulação e combinação de dados, o Alteryx permite simplificar o processo de preparação e limpeza dos dados, tornando-os prontos para análises avançadas. Ela é a ideal se a empresa lida com dados complexos e análises preditivas.

Apache Hop

O Apache Hop é uma ferramenta de ETL de código aberto que possui flexibilidade e extensibilidade, permitindo personalização e integração de plugins. Como suporta várias fontes de dados, facilita a extração de informações relevantes e oferece recursos avançados de transformação, como limpeza, filtragem e agregação de dados.Além disso, realiza um processamento distribuído de dados em larga escala.

Knime

O Knime também é uma plataforma de ETL e de recursos avançados de análise de dados, como algoritmos de aprendizado de máquina e visualização de dados. Sua interface gráfica é intuitiva voltada para a criação de fluxos de trabalho e oferece uma ampla gama de conectores e extensões para diferentes fontes de dados. A ferramenta pode ser integrada a outras ferramentas de análise, como R e Python, para maior flexibilidade e funcionalidade.

Qual ferramenta utilizar?

Diante da necessidade de se destacar em um mercado acirrado, é imprescindível investir em ferramentas de Business Intelligence que atendam às suas necessidades específicas. O Tableau, o Alteryx, Power BI, Apache Hop e o Knime são apenas algumas das opções disponíveis, cada uma com sua própria gama de recursos e vantagens.
O profissional de BI deve escolher a plataforma de Business Intelligence de acordo com as necessidades do negócio e com aspectos especiais de cada plataforma. Deve considerar pontos como
  • Funcionalidades e recursos das plataformas;
  • Integração de dados com sistemas e bancos de dados;
  • Usabilidade e interface intuitiva;
  • Ferramentas de análises avançadas;
  • Segurança;
  • Suporte e treinamento;
  • Escalabilidade e bom desempenho.
Independentemente da escolha, é crucial perceber que o BI é uma necessidade crescente para empresas que desejam prosperar. Ao aproveitar o poder das ferramentas de BI, você estará capacitando sua equipe a tomar decisões estratégicas embasadas em dados sólidos, impulsionando o sucesso e o crescimento de seu negócio. 
Saia na frente dos seus concorrentes! Cuidamos dos seus processos de Business Intelligence de forma inteligente e assertiva. Clique aqui, fale conosco e saiba como podemos revolucionar seus resultados através dos dados. 
Por: Eduardo Viana VER MAIS
O poder transformador das plataformas Omnichannel no marketing


Nos últimos anos, a forma como as empresas se comunicam com seus clientes tem passado por uma verdadeira revolução. E nessa jornada de transformação, as plataformas Omnichannel têm desempenhado um papel fundamental. 

Mas, o que são as plataformas Omnichannel? São soluções que integram diferentes canais de comunicação, como lojas físicas, sites, aplicativos móveis e redes sociais, para proporcionar uma experiência unificada e consistente ao cliente, independentemente do canal utilizado. 

Imagine poder alcançar seu público-alvo em diversos pontos de contato, oferecendo uma experiência personalizada e consistente em todos eles. É exatamente isso que as plataformas Omnichannel possibilitam! 

Ao adotar uma estratégia Omnichannel, as empresas podem colher uma série de benefícios:

  •  Maior alcance e engajamento: Interagir com os clientes em diferentes canais permite atingir um público mais amplo e engajado, ampliando o alcance da marca.
  • Coleta de dados e insights valiosos: A integração dos canais proporciona uma visão abrangente do cliente, possibilitando a coleta de dados mais profundos sobre seu comportamento. Essas informações são preciosas para o desenvolvimento de estratégias eficazes.
  • Personalização e segmentação inteligente: Com uma visão holística do cliente, é possível oferecer mensagens e ofertas personalizadas, segmentando as campanhas de marketing de forma mais precisa. Isso fortalece o relacionamento e aumenta as chances de conversão.
  • Melhoria da fidelidade e retenção: Ao proporcionar uma experiência consistente e conveniente em todos os canais, as empresas conquistam a fidelidade dos clientes, fortalecendo o relacionamento e aumentando a retenção.

No cenário atual, em que a competitividade é acirrada e a exigência dos consumidores está em constante evolução, adotar uma abordagem Omnichannel é uma vantagem estratégica. As empresas que se destacam são aquelas capazes de se adaptar e proporcionar uma experiência excepcional em todos os pontos de contato com o cliente. 

Portanto, se você deseja se destacar no mercado, fortalecer seu relacionamento com os clientes e impulsionar seu negócio, considere investir em plataformas Omnichannel. Elas são o caminho para uma jornada de marketing de sucesso. 

Por: Bruna Ramos VER MAIS
Vantagens de integrar sistemas com o ChatGPT
Com a crescente demanda por experiências de atendimento ao cliente cada vez mais personalizadas e eficientes, a integração do ChatGPT com os sistemas de empresas tornou-se uma solução cada vez mais popular e eficaz.
Ao permitir que o ChatGPT trabalhe em conjunto com outros sistemas, como chatbots, assistentes virtuais e plataformas de atendimento ao cliente, as empresas podem proporcionar uma experiência de atendimento ao cliente mais fluida e satisfatória.

A integração é importante pois traz diversos benefícios à organização, desde o planejamento de processos, a execução e no resultado final. Dentre as vantagens de integrar sistemas com o ChatGPT, destacamos

Personalização do atendimento

Com o uso de técnicas de processamento de linguagem natural e análise de dados, o ChatGPT é capaz de interpretar as perguntas e comentários dos clientes com maior precisão, oferecendo respostas mais relevantes e personalizadas. Isso resulta em uma experiência de atendimento ao cliente mais satisfatória e eficiente, que pode aumentar a fidelidade dos clientes e melhorar a reputação da empresa.

Automatizar processos de atendimento

Por meio de chatbots integrados à plataforma de Inteligência Artificial (IA) as empresas podem oferecer respostas instantâneas a perguntas frequentes, reduzindo a necessidade de intervenção humana. Isso permite que os funcionários da empresa se dediquem a tarefas mais complexas e estratégicas, enquanto as tarefas rotineiras são executadas pelo ChatGPT.

Análise de dados em tempo real

Com o uso de técnicas de análise de dados e aprendizado de máquina, o ChatGPT é capaz de coletar e analisar informações sobre as interações dos clientes, identificando padrões e insights relevantes para a melhoria contínua do atendimento.
Por meio disso, empresas podem entender melhor as necessidades dos clientes, antecipar seus problemas e oferecer soluções personalizadas e eficazes.

Além disso...

A integração do ChatGPT com os sistemas de empresas também pode ser útil em diversas áreas, como saúde, educação e serviços públicos.

Saúde

Na área de saúde, o ChatGPT pode ser integrado a sistemas de diagnóstico e triagem de pacientes para fornecer informações precisas e personalizadas sobre condições médicas específicas. Isso pode ajudar a acelerar o processo de diagnóstico e tratamento, permitindo que os profissionais de saúde forneçam cuidados mais eficazes e eficientes aos pacientes. Em hospitais, pode ser integrado a sistemas de telemedicina, oferecendo atendimento remoto aos pacientes e auxiliando os profissionais de saúde no diagnóstico e tratamento de doenças.

Educação

Pode ser integrado a sistemas de aprendizado para fornecer suporte educacional personalizado aos alunos e professora em tempo real, o que pode ajudar a identificar áreas em que os alunos estão lutando e fornecer recursos relevantes para ajudá-los a progredir em suas áreas de estudo.

Serviços públicos

Neste segmento, o ChatGPT pode ser integrado a sistemas de atendimento ao cliente para ajudar a responder a perguntas e fornecer informações aos cidadãos. Isso auxilia na melhora da eficiência do atendimento ao cliente e na redução da necessidade de intervenção humana em tarefas rotineiras.

Como deve ser feita a integração do ChatGPT?

É importante lembrar que a integração do ChatGPT com os sistemas de empresas deve ser realizada de forma cuidadosa e estratégica. Pode ser feita de várias maneiras, dependendo do objetivo e do contexto da integração, sendo por meio de APIs, Plugins ou Interfaces de integração personalizadas.
É fundamental que as empresas realizem testes e monitoramento constante do desempenho do sistema, para garantir sua efetividade e aprimorar continuamente o atendimento ao cliente. Além disso, é necessário garantir que as informações dos clientes sejam tratadas de forma segura e responsável, protegendo a privacidade dos usuários durante e atendendo às regulamentações da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).
Outra preocupação importante é garantir que o ChatGPT seja integrado de forma harmoniosa com os sistemas de empresas existentes.
As integrações de sistema com o ChatGPT devem garantir experiência positiva e eficiente para o usuário e ainda garantir a segurança dos dados dos usuários, implementando medidas de segurança adequadas para proteger as informações coletadas durante as interações.
É preciso também considerar a importância da transparência e da ética no uso do ChatGPT, informando aos usuários sobre a presença do sistema e como ele é utilizado no atendimento ao cliente.
Com essas medidas em mente, as integrações de sistema com o ChatGPT podem ser uma ferramenta poderosa para melhorar a experiência do usuário e otimizar o atendimento ao cliente, contribuindo para o sucesso e crescimento das empresas.
Por: Stênio Oliveira VER MAIS
WhatsApp Wiser Telegram Wiser