Exibindo posts relacionados a: vantagens

Precisamos falar sobre cibersegurança
Com a intensa integração da internet com as atividades humanas, a cibersegurança tornou-se uma necessidade para uma navegação online segura e com privacidade. O que você sabe sobre ela?

 
A cibersegurança corresponde a um conjunto de técnicas protetivas para sistemas de computador que podem impedir roubo e danos ao hardware, software ou às redes. Todo e qualquer tipo de atividade online, precisa de um sistema de segurança que possa impedir danos indesejados, ainda mais quando você trabalha com informações e arquivos sigilosos que fazem parte e contribuem para a saúde da empresa. 
Os crimes digitais são diversos e devastadores. O Brasil está entre os países que mais se conectam à internet, com mais de 120 milhões de brasileiros acessando a internet. Infelizmente, nem todos priorizam a cibersegurança. O Instituto Ponemon fez uma pesquisa que revelou que 36% das equipes nunca comentaram com os supervisores e líderes sobre questões e métodos da cibersegurança.  
As empresas enfrentam, diariamente, os desafios para se adaptar às modernidades e seguir todas as etapas necessárias para atingir a máxima proteção das redes de computadores. Como já falamos aqui pra você, investir em tecnologia nunca é vão e só leva você, e sua empresa, para o mundo da inovação. 
E como minimizar esses desafios? Estudar um pouco sobre cibersegurança é uma das alternativas, mas você pode também optar pela graduação. 
Contra fatos não há argumentos. A tecnologia continuará presente de forma intensa no mundo e de acordo com especialistas, os dados são a realidade e serão o futuro das empresas, sendo considerados patrimônio necessários para uma operação mais eficaz dos negócios.
Uma boa iniciativa a se tomar é investir em uma graduação em tecnologia da informação, pois a cibersegurança faz parte das áreas abordadas dentro deste curso. Além disso, fazer cursos complementares também são ótimos pra você aprimorar o currículo e ficar por dentro de todos os métodos inovadores e práticos necessários para a continuação dessa tecnologia em uma empresa. Se manter atualizado é a melhor opção.
Por ser uma área em crescente ascensão e inovação, a cibersegurança oferece muitas vagas no mercado de trabalho. Você pode trabalhar como analista de cibersegurança, engenheiro de cibersegurança, consultor de cibersegurança dentre outros cargos semelhantes, como os relacionados à segurança da informação.
Se especializar vale muito a pena. Há muitas vagas, os salários valem a pena, tem chances de trabalhar em outros países, a área possibilita crescimento e você será um profissional em constante evolução.
Com a cibersegurança, os benefícios são diversos. As ferramentas proporcionam mais visibilidade positiva às empresas, a empresa atua em conformidade com as regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), podem atuar com mais controle à proteção das informações e muito mais. 
Desenvolva uma carreira nesse segmento e tenha uma boa carga de conteúdo sobre ele, e aproveite para levar seu negócio para um mercado inovador e à frente de seu tempo. 
Se interessou no assunto? Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de tudo sobre as áreas da tecnologia da informação. 
Por: Bruna Ramos VER MAIS
5 dicas de segurança para o seu home office
O home office já era uma realidade antes mesmo da necessidade de intensificação do isolamento social. A pandemia da covid-19 só impulsionou, ainda mais, a adoção desse modelo de trabalho mais “particular” e caseiro. 
Com o aumento do home office, algumas empresas deixaram os sistemas computacionais vulneráveis aos ataques de hackers e ao vazamento de dados. De acordo com Claudio Bannwart, diretor regional da Check Point, uma empresa israelense de cibersegurança, mesmo se o funcionário levar o computador da empresa para casa, podem haver brechas na segurança da rede a qual ele está conectado.

Mas, como os profissionais conseguem manter a segurança da informação ativada durante o home office?
Apesar de estarmos em um momento que pede urgência no isolamento, há sim formas de evitar que os sistemas sejam invadidos e as informações corporativas sejam roubadas. 
1. Mantenha os softwares atualizados sempre!
Aplicativos atualizados não deixam espaços para as ameaças cibernéticas. Deixar a atualização automática do sistema ativada é uma ótima forma de se proteger contra vírus ou malwares.
O antivírus instalado no computador também precisa estar com a atualização em dia, já que é por meio dele que ocorre a principal barreira de defesa contra as ameaças. 
2. Use as VPNs
Com o uso de VPNs (Virtual private network - Rede privada virtual), os colaboradores conseguem acessar o ambiente empresarial de casa e de forma segura. Essa possibilidade já garante que dados e informações não sejam acessados por pessoas não autorizadas.
Além disso, com a utilização dessas redes privadas evita-se o compartilhamento de arquivos importantes por e-mails ou outros aplicativos de mensagens.
3. Cuidado redobrado com spam e phishing
Proteja seus e-mails e tenha atenção ao receber mensagens incomuns de amigos ou colegas de trabalho. Os criminosos estão sempre criando novas formas discretas para atacar e roubar os seus dados.
Nunca forneça senhas, arquivos importantes ou outras informações para e-mails suspeitos. Em caso de dúvidas, ligue para o remetente para confirmar as informações. Além disso, lembre-se de ativar a autenticação em dois fatores no seu e-mail para aumentar a segurança e impedir o acesso de outras pessoas, que não seja você.
4. Utilize redes de wi-fi confiáveis
Home office seguro não rola com rede de wi-fi desconhecida. As redes de internet são fundamentais para a realização do trabalho, mas pra isso ocorrer sem preocupações é necessário que você esteja conectado em uma rede confiável.
Utilize sempre sua rede própria de wi-fi para evitar que hackers possam acessar seus sistemas ou suas contas de e-mails, por exemplo.
5. Cuidado com programas desconhecidos
O uso de algumas ferramentas disponibilizadas pela empresa, às vezes, pode ser alternativo, ou seja, pode ocorrer o uso simultâneo dos funcionários. Por isso, caso aconteça algum problema em dashboards ou plataformas de mensagens, por exemplo, não tente resolver sozinho. Comunique sempre sua equipe de TI.
Se você efetuar o download de programas que prometem trazer a solução para o problema descrito acima, você pode acabar baixando um software malicioso capaz de roubar os dados da sua empresa e até os seus.
Sabemos que a adesão ao home office será ainda mais forte nos anos seguintes e por isso, as empresas precisam se adequar para garantir a segurança dos sistemas e evitar as ameaças. Para essas soluções, fale conosco! Converse com nossos especialistas e conheça nossos serviços de TI e de cibersegurança.
Acompanhe nosso Instagram e Linkedin e fique por dentro das novidades! 
Por: Bruna Ramos VER MAIS
Leia 5 livros sobre Business Intelligence

O Business Intelligence (BI) é uma excelente ferramenta para se ter dentro de qualquer negócio. Nós já falamos bastante sobre BI por aqui e você já deve estar atento às vantagens e tendências desta ferramenta tão inovadora e indispensável.
Para os nossos leitores de plantão, separamos 5 livros sobre esse assunto. O BI envolve muitas informações específicas e estratégicas, e você precisa estar atento às inovações. E cá pra nós: leitura nunca é demais. 😉
  1. Business Intelligence Implementar do jeito certo e a custo zero (Autor: Ronaldo Braghittoni)
Esse livro te faz entender a real definição do BI e de tudo que ele é composto. Além disso, você compreende o momento que sua empresa vive atualmente e consegue tornar as tarefas mais claras.
  1. Business Intelligence da Informação ao Conhecimento (autores: Isabel Ramos e Maribel Yasmina Santos)
A proposta deste livro é evidenciar o processo de consolidação do conhecimento obtido pelos sistemas de BI, mostrar como essas tecnologias podem ser utilizadas e muito mais.
  1. Afinal, o que é Business Intelligence? (autor: Claudio Bonel)
Tem uma linguagem simples e acessível para você aprender o verdadeiro significado de BI, aprender a gerar resultados reduzindo custos, desenvolver soluções e a tomar decisões assertivas. Aqui, o leitor viaja na informação até chegar no destino final, que é a tomada de decisão.
  1. Business Intelligence: Um Enfoque Gerencial para a Inteligência do Negócio (autores: Efraim Turban, Ramesh Sharda, David King, Jay E. Aronson, Fabiano Bruno Gonçalves (Tradutor), Ângela Freitag Brodbeck)
Neste livro, você vai encontrar tudo sobre os temas de BI. Dentre eles, as ferramentas utilizadas, as arquiteturas da base de dados, as formas de gerenciamento de desempenho, entre outros.
  1. BI2 Business Intelligence. Modelagem e Qualidade (autor: Carlos Barbieri)
Trazendo reflexões sobre os momentos da era zettabytes, ou big data, este livro é dedicado à qualidade de dados e aspectos de gerenciamento de dados. Além disto, o livro também discute os caminhos que percorrem os processos de implementação de BI.
E para mais conteúdos de Business Intelligence, acesse o nosso canal do Youtube. Lá, você pode assistir a maratona de BI, que realizamos com os profissionais de mercado que trabalham com essa ferramenta tecnológica capaz de modernizar e gerar maior produtividade na sua empresa.
Por: Bruna Ramos VER MAIS
7 vantagens do B.I que você precisa conhecer

A intensa competitividade, gerada na atualidade, provoca nas empresas uma procura por estratégias capazes de alavancar o negócio dentro de um mercado acirrado.  Oferecendo suporte para a gestão de negócios, o Business Intelligence (BI) é responsável pela coleta, organização, compartilhamento e monitoramento de informações e assim, identifica oportunidades e riscos da sua empresa.

Confere essa lista de vantagens que preparamos pra você ficar por dentro dos benefícios do B.I

  1. Auxilia na tomada de decisões
Eventualmente, problemas podem aparecer e desestabilizar toda a empresa. O uso da análise de dados pode auxiliar os gestores a desenvolver técnicas rápidas para poder solucionar com êxito tais eventualidades.
  1. Aumenta os lucros e controla despesas
O business intelligence pode identificar quais processos, dentro de uma empresa, estão funcionando conforme o previsto. Com isso há uma maior facilidade em identificar falhas em processos e corrigi-las, descartar processos que não dão retorno positivo e manter o foco em processos que, de fato, geram lucros para a empresa.
  1. Maior vantagem competitiva
Conhecendo todo o mercado e a concorrência, as empresas podem, por meio do business intelligence, ficar na frente de todos os concorrentes. Isso acontece porque os gestores conseguem traçar estratégias adequadas de acordo com o momento e com a necessidade atual do mercado.
  1. Melhorar a experiência dos clientes
A exploração de dados, por meio do B.I, ajuda o seu negócio a fidelizar clientes. Como? Empresas conseguem identificar os erros e acertos na forma de atendimentos e passam a aplicar ações estratégicas com o objetivo de melhorar a experiência do público com a sua empresa.
  1. Gera maior produtividade
O uso do B.I também favorece o ambiente de trabalho. A organização de todas as informações tornam o local de trabalho mais produtivo e proveitoso. Desse modo, a equipe consegue melhorar o rendimento nas atividades e consegue ter mais interesse e foco no trabalho.
  1. Maior facilidade na identificação de falhas processuais
Falhas ocorrem todo o momento e, as vezes, acabam passando despercebidas. Com as ferramentas do business intelligence, o problema de origem é localizado e as falhas são prontamente resolvidas, para que, assim, não interfiram mais no funcionamento dos processos da empresa.
  1. Aprimoramento das estratégias de marketing e de vendas.
Ferramentas do B.I também podem aprimorar estratégias de marketing e vendas da sua empresa. Softwares podem metrificar e analisar resultados de vendas e de estratégias de marketing realizadas dentro do seu negócio. Essa prática otimiza tempo, já que, a equipe foca somente na análise final dos resultados e define as próximas estratégias a serem tomadas.
Por: Bruna Ramos VER MAIS